Você está aquiConflito linguístico e direitos das minorias indígenas

Conflito linguístico e direitos das minorias indígenas


By Editora - Posted on 10 maio 2011

Conflito linguístico e direitos das minorias indígenas

Os conflitos linguísticos que constituem o pano de fundo para todas as discussões que se apresentam nesse livro são conflitos envolvendo a língua oficial e as línguas ancestrais das comunidades indígenas, que aqui habitavam antes da Conquista pelos europeus. Para efeitos de organização da obra, distinguiram-se quatro diferentes contextos nos quais esse tipo de conflito linguístico é muito marcado: a Escrita, a Escola, os Tribunais, e a Internet. No primeiro contexto, dois textos, abordando realidades distintas, histórica e espacialmente : a escrita em Guarani no Paraguai (por Bartomeu Melià) e a introdução da escrita em Tapirapé (por Eunice D. Silva) ; no segundo contexto, um trabalho de Domingos Nobre, a partir dos conceitos de interculturalismo crítico, letramento e autonomia. Para o terceiro, conta com uma discussão acerca do direito indígena em juízo, por Marcos Homero F. Lima (analista pericial em antropologia). E no último, sobre Internet, um texto de Wilmar D’Angelis discutindo uma proposta de inclusão digital pró-ativa. Encerra o volume a Carta de Dourados, produto coletivo do VIII Encontro sobre Leitura e Escrita em Sociedades Indígenas.

Organizador(es): 
D'Angelis, Wilmar da Rocha
Organizador(es): 
Vasconcelos, Eduardo Alves
Ano: 
2011
Páginas: 
124
Preço: 
R$15,00